Teses, Dissertações e Monografias

Acesse a listagem abaixo para conhecer algumas das teses, dissertações e monografias desenvolvidas pelos alunos de pós-graduação do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Escola Politécnica.

A consulta também pode ser feita na biblioteca de Engenharia Civil pelos telefones (11) 3091-5204 e 3091-9023, fax (11) 3091-5125 ou pelo e-mail biblioteca.civil@poli.usp.br.

Para saber o horário e o local das próximas qualificações e defesas, acesse o site Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil – PPGEC. e do ConstruINOVA - Mestrado Profissional em Inovação na Construção Civil.

Para conhecer as diretrizes de elaboração de teses e dissertações clique no link ou acesse o site da Biblioteca Digital.

Importante: a consulta aos arquivos das teses e dissertações fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:

Este trabalho é para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar o nome da pessoa autora do trabalho.

Buscar teses, dissertações e monografias
  • Reaproveitamento de lamas residuais do processo de fabricação do concreto PDF
    • Aluno: Daniel Oliveira Frazão da Silva
    • Orientador:
    • Categoria:
    • Ano: 2015

    Nos dias atuais, um dos maiores problemas de uma central dosadora de concreto são as sobras de resíduos de concretos que retornam nos caminhões, das obras gerando lamas decantadas com pH elevado caracterizando-a como resíduo perigoso e representando gastos elevados com destinação. O objetivo do presente trabalho visa estudar em detalhes a composição da lama residual do processo de fabricação do concreto excluindo o agregado graúdo, verificando qual é a influência de sua adição no concreto. Com isso, pretende-se estudar algumas formas de tratamento e viabilizar economicamente o seu reaproveitamento em substituição ao agregado miúdo. Para esse estudo foram coletadas duas amostras desse material cimentício, sendo uma coletada diretamente do tanque de decantação e a segunda coletada da própria lavagem dos caminhões betoneiras. Elas foram submetidas a ensaios de caracterização como: análise termogravimétrica (TG), granulometria a laser e calorimetria e ensaios de concreto fresco (reologia e abatimento) e concreto endurecido. Para a viabilização econômica foi realizado um estudo de caso em três centrais dosadoras de concreto, afim de identificar perdas de materiais, custos de destinação e custo variável na fabricação de concreto. Os resultados mostraram que a forma de coleta do material cimentício influencia na finura do material conforme ensaio de granulometria e densidade aparente, mas não foi possível obter cimento anidro. A possibilidade de utilização da lama em concretos foi possível com ajuda de aditivos superplastificantes, mas para a viabilização economicamente viável a cadeia produtiva do concreto estudou-se um teor ótimo de substituição da lama pelo agregado miúdo.

  • Tecnologia construtiva de revestimento externo de argamassa com projeção contínua PDF
    • Aluno: Naira Ery Asano
    • Orientador: Mércia Maria Semensato Bottura de Barros
    • Categoria:
    • Ano: 2015

    Os métodos construtivos de revestimento externo produzidos com argamassa vêm evoluindo ao longo do tempo, apresentando como maior mudança a substituição da aplicação manual pela projeção mecânica. Atualmente destaca-se no mercado o sistema de execução de revestimento externo com argamassa industrializada e projeção mecânica contínua com bombas helicoidais. Por se tratar de uma tecnologia ainda não muito utilizada pelas construtoras brasileiras, faltam dados confiáveis acerca de seu potencial de ganho de produtividade, redução de perdas, diminuição de contingente de mão de obra, exigências de infraestrutura para aplicação e custos envolvidos. Sem parâmetros confiáveis, adotar a tecnologia significa assumir um nível de risco elevado e isto dificulta a tomada de decisão por parte das construtoras e, por consequência, dificulta-se a evolução tecnológica. Buscando contribuir para o necessário avanço nas tecnologias de produção de revestimentos de edifícios, o objetivo desta pesquisa é estabelecer parâmetros em relação à tecnologia de produção de revestimentos de fachada que empregam argamassa com projeção contínua. Para tanto, buscou-se informações em referências como teses, dissertações, textos técnicos, normas nacionais, dentre outras, bem como, acompanhou-se e avaliou-se os resultados da implantação de um método construtivo de revestimento de argamassa com projeção mecânica contínua em uma construtora de São Paulo. Foram realizados um protótipo e um piloto que contribuíram para o desenvolvimento da tecnologia por meio de apresentação de soluções para os problemas encontrados, do levantamento de melhores práticas e de dados para o cálculo de índices de produtividade e perda. Buscou-se, portanto, a consolidação da tecnologia de projeção contínua na construtora anteriormente mencionada e no mercado em geral.

  • Avaliação de empresas de real estate PDF
    • Aluno: Daniel Pitelli de Britto
    • Orientador: João da Rocha Lima Júnior
    • Categoria: Doutorado
    • Ano: 2014

    Desde a onda de abertura de capital ocorrida com o setor de real estate brasileiro entre 2006 e 2007, a discussão em como identificar por meio de informações disponíveis ao público o valor das empresas que compõem esse importante setor se intensificou tanto entre seus gestores como nos analistas do mercado de capitais. Os modelos tradicionais de avaliação de empresas se mostraram inadequados e necessitam de adaptações para serem utilizados em empresas do setor, bem como a identificação e caracterização dos direcionadores de valor. Esta tese tem como objetivo desenvolver uma rotina de avaliação de empresas de Real Estate a partir dos direcionadores de valor, intangíveis ou tangíveis, identificando quais são os ativos que possuem maior influência na geração do valor e o porquê dessa influência, possibilitando aos investidores e analistas avaliar melhor o valor de empresas do setor. A partir de uma revisão bibliográfica em conjunto com a análise dos prospectos de abertura de capital e das demonstrações financeiras disponibilizadas ao público, foi proposta uma taxonomia para medir o valor das empresas de real estate em quatro dimensões: capital de propriedade, capital humano, capital de mercado e capital relacional. Em cada dimensão foram mapeados os ativos tangíveis e intangíveis que as formam e estes relacionados à geração de valor por meio de indicadores e benchmarks.

  • Estratégias tecnológicas e gerenciais para a sustentabilidade do subsistema estrutura no mercado de construção civil no estado de São Paulo PDF
    • Aluno: Hernani Carvalho Paiva
    • Orientador: Francisco Ferreira Cardoso
    • Categoria: Mestrado
    • Ano: 2014

    A elevação do status da questão ambiental tornou o tema sustentabilidade ambiental uma constância em todos os segmentos. A representatividade dos impactos ambientais da construção civil em comparação aos demais setores produtivos justifica a atenção despendida ao tema sustentabilidade ambiental e o desenvolvimento de pesquisas e novas formas de gestão do modo de produzir o espaço construído. A pesquisa discuti como as metas de sustentabilidade definidas pelo processo de certificação ambiental AQUA, traduzidas em estratégias tecnológicas e gerenciais estão sendo aplicadas pelo mercado de construção civil, destacando-se a análise do subsistema estrutura de edifícios. Em um primeiro estágio, a pesquisa propôs levantar as tecnologias disponíveis, em prática pelo mercado ou objeto de pesquisa, dentro do cenário construtivo internacional e nacional, restritas ao subsistema estrutura. Na segunda fase, através de uma pesquisa de levantamento amostral ‘on line’ com empresas de projeto de estruturas, foi composto um quadro das estratégias empregadas com o objetivo do melhor desempenho ambiental dos empreendimentos, considerando o cenário do estado de São Paulo.

  • Potencial de reducción de las emisiones de CO? y de la energía incorporada em la construcción de viviendas en Brasil mediante el incremento del uso de la madera PDF
    • Aluno: Katia Regina Punhagui Garcia
    • Orientador: Vanderley Moacyr John
    • Categoria: Doutorado
    • Ano: 2014

    O presente trabalho busca analisar se o aumento do uso da madeira para a construção de habitação pode mitigar as emissões de dióxido de carbono e diminuir a energia incorporada do setor da construção civil no Brasil. A ênfase é dada à esfera ambiental, ainda que se considere os âmbitos social e econômico, que podem influenciar na concepção de políticas públicas. Se estudou o domínio histórico para compreender a evolução do estoque de moradias de madeira nos últimos quarenta anos e os possíveis fatores que podem ter influenciado na sua diminuição percentual dentro do estoque total de domicílios brasileiros. Se explorou o âmbito social para conhecer a opinião pública sobre o uso da madeira para a construção de habitação, assim como os pontos fracos e fortes do material no conceito geral da sociedade. No domínio econômico se procurou caracterizar o setor madeireiro e de fornecimento de casas pré-fabricadas de madeira, com a pretensão de apontar as potencialidades e obstáculos para o desenvolvimento do mercado. A parte ambiental buscou estimar as emissões de CO? e a energia incorporada dos produtos de madeira destinados à construção, com fim de proporcionar dados para a discussão sobre os impactos que poderiam ocorrer pelo aumento do uso deste material na construção civil brasileira. Se conclui, dentro dos limites deste trabalho, que a madeira plantada poderia ser implementada como estratégia para diminuir as emissões de CO? do setor da construção civil no Brasil, pois é considerada neutra em carbono, enquanto que a madeira nativa, ao ser considerada fonte de carbono, não deveria ser utilizada com o mesmo objetivo. A diminuição da energia incorporada do setor, segundo padrões construtivos atuais, depende mais de mudanças nos processos relacionados com os materiais que compõem a alvenaria do que com a madeira.||No entanto, a implementação do uso da madeira enfrenta alguns desafios, como a aceitação do público em geral, cujas preocupações a respeito da madeira se concentram na durabilidade, manutenção e segurança. Além disto, se encontrou uma forte correlação entre a diminuição das casas de madeira com o aumento do Produto Interno Bruto, o que pode sugerir que o uso deste material para construção de moradias tem relação com o poder aquisitivo da população. O preço dos materiais também pode ter influenciado nesta diminuição. A expansão do uso da madeira dependerá, além de incentivos financeiros e convencimento da sociedade, de qualificação de mão de obra especializada, de desenvolvimento tecnológico, de desburocratização, melhora das infraestruturas para transporte de produtos e políticas públicas.||El presente trabajo busca analizar si el aumento del uso de la madera para la construcción de viviendas puede mitigar las emisiones de dióxido de carbono y disminuir la energía incorporada del sector de la construcción civil en Brasil. El énfasis está en la esfera ambiental, aunque también considera los ámbitos social y económico, que pueden influir en la concepción y eficacia de políticas públicas. Se ha estudiado el ámbito histórico para comprender el desarrollo del parque de viviendas de madera en los últimos cuarenta años y los posibles factores que pueden haber influido en su disminución porcentual dentro del parque total de vivienda brasileño. Se ha explorado el ámbito social para conocer la opinión pública sobre el uso de la madera para la construcción de viviendas, así como los puntos débiles y fuertes del material en el concepto general de la sociedad. En el dominio económico se ha intentado caracterizar el sector maderero y de suministro de viviendas prefabricadas de madera, con la pretensión de apuntar las potencialidades y obstáculos para el desarrollo del mercado. La parte ambiental ha buscado estimar las emisiones de CO? y energía incorporada de los productos de madera destinados a la construcción, con el fin proporcionar datos para discutir los impactos que tendría un aumento del uso de este material en la construcción civil brasileña. Se concluyó, dentro de los límites de este trabajo, que la madera plantada podría ser implementada como estrategia para disminuir las emisiones de CO? del sector de la construcción civil en Brasil, pues se considera neutra en carbono, mientras que la madera nativa, al considerarse fuente de carbono, no debería utilizarse con este objetivo. La disminución de la energía incorporada del sector, según los estándares constructivos actuales, depende más de cambios en los procesos relacionados con los materiales que componen la albañilería que de la madera.||No obstante, la implementación del uso de la madera enfrenta algunos desafíos, como la aceptación del público en general, cuyas preocupaciones sobre la madera se centran en la durabilidad, el mantenimiento y la seguridad. Además, se ha encontrado una fuerte correlación entre la disminución de las casas de madera con el aumento del Producto Interior Bruto, lo que puede sugerir que el uso del material para viviendas tiene relación con el poder adquisitivo de la población. El precio de los materiales también puede haber influido en esta disminución. La expansión del uso de la madera dependerá, además de incentivos financieros y convencimiento de la sociedad, de la cualificación de mano de obra especializada, el desarrollo tecnológico, la desburocratización, la mejora de las infraestructuras para el transporte de productos y las políticas públicas.


Anterior Próximo
      1    2    3    4    5    6    7    8    9    10  . . . 157