Real Estate

O Real Estate (RES) direciona seus estudos e pesquisas para as questões da economia setorial e os aspectos estruturais dos diferentes segmentos do mercado. O conjunto temático compreende métodos de planejamento e rotinas de análise para decisão de investimento, com ênfase na discussão de riscos no ambiente das empresas e dos empreendimentos imobiliários ou de base imobiliária, além da exploração sobre processos de formatação das equações financeiras para dar suporte aos negócios no setor.

Trabalha com temas relacionados ao planejamento e à administração de negócios do setor e às questões da hierarquia da economia setorial, especialmente com respeito ao comportamento dos custos e meios de formação dos preços no ambiente do mercado, seus desvios e meios de mitigação dos riscos. Seus estudos se concentram na construção de sistemas inovadores de suporte à melhoria da qualidade das decisões de administração e investimento, como reflexo do avanço no conhecimento das técnicas de planejamento, que induzem procedimentos mais seguros na tomadas de decisão na esfera gerencial.

Sobre o Núcleo de Real Estate

Os estudos e pesquisas desenvolvidos por professores e alunos de pós-graduação do Grupo de Real Estate (GEPE-RES) são interligados e relacionados sob suporte de uma matriz de ensino e pesquisa estruturada com base em três vetores:

   • Comportamento de Mercados;
   • Economia Setorial e Empreendimentos;
   • Administração de Empresas e Empreendimentos.

Em cada vetor, a matriz contempla focos de pesquisa em grandes concentrações temáticas, nos quais se inserem os temas individuais de pesquisa dos alunos.

Clique aqui para entrar no site do NRE – Núcleo de Real Estate da Poli-USP

  • Administração de empresas e empreendimentos

    Trabalha com as matrizes funcionais nas organizações para produzir estudos relacionados aos procedimentos de transmissão de diretrizes, ordenação de tarefas, programação e controle. Pesquisa temas de planejamento estratégico e métodos de preparação de planos de ação de longo prazo, no âmbito das empresas, e planos táticos de implementação.

  • Concessões e investimentos de longo prazo, sem valor residual

    Estuda o planejamento, as formas de engajamento empresarial e os sistemas de aglutinação de capitais de investimento para negócios de concessão de serviços como rodovias e geração e distribuição de energia e água e para as operações de construção personalizada para arrendamentos de longo prazo, como parques empresarias e industriais.

  • Empreendimentos imobiliários e de base imobiliária

    Estuda o planejamento e os padrões e indicadores de qualidade dos empreendimentos, segundo os vetores mercadológico, financeiro, econômico e de riscos. Aborda aspectos institucionais desses investimentos, o histórico de comportamento e as tendências de mercado, do ponto de vista da avaliação das âncoras temporais e do reconhecimento das políticas setoriais do governo ou originadas no ambiente empresarial. Pesquisa, com ênfase, a formatação de mecanismos financeiros para sustentar a implantação e a comercialização dos empreendimentos, além de temas fundamentais como análise de valor, indicadores da qualidade dos negócios, perfil de riscos, monitoramento de riscos e métodos de análise de riscos para empreendimentos imobiliários em geral e para hotéis, shopping centers, empreendimentos multifuncionais para locação e demais tipos de empreendimentos de base imobiliária.

  • Planejamento estratégico e econômico e economia setorial

    Estuda a inserção no mercado de empresas do setor e o andamento da economia setorial. Pesquisa meios de planejamento para a definição de estratégias de imersão no mercado, adequação de produtos, formação de preços e sistemas de financiamento e aglutinação de investimentos de risco aberto e controlado.

  • Planejamento operacional na construção civil

    Linha de pesquisa direcionada para o estudo das informações e procedimentos que permitam organizar o processo de produção e elevar o nível de desempenho econômico da construção civil. Envolve sistemas de contratação, processos de planejamento e geração de informações para orientar os regimes de produção e controle dos empreendimentos.